Morro como um País

Home » Entrevistas » Morro como um País

Com direção de Fernando Kinas, “Morro como um País” volta a cena no ano que se completa 50 anos do golpe militar no Brasil.

 

Em entrevista para o “Jornal da Gazeta”, a estudante Juliana Yamaoka conversou com a atriz Fernanda Azevedo sobre o enredo e outras curiosidades da peça.

O espetáculo tem foco na reflexão política, social e estética. Não seguindo o padrão tradicional de encenação, com inicio, meio e fim. A referencia para a encenação é o texto literário “Morro com um País”, escrito por Dimitris Dimitriadis em 1978.

Ouça aqui:

Clique aqui e baixe o arquivo em mp3.

Serviço

Reestréia: 26 de março – Quarta-Feira – às 21 horas
Local: CIT-Ecum (Centro Internacional de Teatro)
Temporada: Quartas e Quintas – às 21 horas
Igressos: R$ 40,00 (meia R$ 20,00)

Comentar

Seu e-mail nunca é divulgado. Os campos obrigatórios são marcados com *