Manifesto do Timbu

Home » Esportes » Manifesto do Timbu

Jogadores do Náutico ameaçam cruzar os braços por falta de pagamento.

 

Presidente Paulo Wanderley garante que por vontade própria não renovaria com Martinez no ano que vem.

Rebaixado para a Série B, o Náutico teve um ano difícil e encerra 2013 sob ameaça de greve.

Encabeçado pelo volante Martinez (porta-voz do protesto), os jogadores do Timbu ameaçaram cruzar os braços e tornaram público na noite da última quinta-feira, 28, que a diretoria do clube estava atrasando seus salários.

Em resposta, o presidente Paulo Wanderley explicou ao estudante Gabriel Medina que a alegação feita é falsa e se trata de um desvirtuamento de um pequeno grupo de atletas que, em suas palavras, estão em fim de carreira e querem esconder o péssimo desempenho que obtiveram ao longo do ano.

Ouça aqui!

Clique aqui e baixe o arquivo em mp3.

Comentar

Seu e-mail nunca é divulgado. Os campos obrigatórios são marcados com *