Dia do Braile

Home » Educação e Cultura » Variedades » Dia do Braile

Escritora com deficiência visual fala da simplicidade do tipo de escrita e a emoção de que uma criança cega ao ter contato com um livro adaptado.

 

No dia 04 de janeiro comemora-se o Dia do Braile, em alusão do nascimento do francês Louis Braile, responsável por desenvolver o método de escrita e de leitura para as pessoas com deficiência visual.

A escritora mineira Elizete Lisboa, cega desde criança, possui algumas obras que fazem parte da coleção “Fazendo a Diferença”, da editora Paulinas, em parceria com a Fundação Dorina Nowil, na qual é voltado aos leitores cegos ou com baixa visão.

Em entrevista ao programa Bom Dia Gazeta, o monitor Otávio Rodrigues (3º ano de Jornalismo) conversou com a escritora sobre o porquê que ela escreve para o público infantil, a importância da literatura, se o acesso ao ensino em braile é facilitado no Brasil e a emoção de uma criança quando tem contato com um livro com este tipo de escrita.

Ouça a entrevista aqui:

Clique aqui e baixe o arquivo em mp3.