Hipertensão na infância

Home » Entrevistas » Hipertensão na infância

Obesidade, sedentarismo e maus hábitos estão entre as principais causas da doença na juventude.

 

Hoje, mais da metade dos meninos (51.4%) e 43,8% das meninas, entre 5 e 9 anos, estão acima do peso, segundo levantamento do IBGE, uma dos motivos que explicam a maior incidência da hipertensão em jovens.

De acordo com o último levantamento da Organização Mundial da Saúde, a hipertensão é responsável por 9,4 milhões de mortes no mundo e cada vez mais os jovens são acometidos pela doença. Só no Brasil, são mais de 3,5 milhões de jovens e crianças hipertensos, aponta a Sociedade Brasileira de Hipertensão.

Se na vida adulta a doença já faz inúmeros estragos, na infância ela necessita de atenção redobrada e o tratamento adequado necessita ser realizado o quanto antes para que os órgãos não sejam afetados.

Por conta disso, a estudante Bruna Garbuglio conversou com o cardiologista Celso Amodeo sobre as causas do aumento de hipertensos na infância e na juventude e as suas formas de prevenção e tratamento.

Ouça aqui!

Clique aqui e baixe o arquivo em mp3.

Comentar

Seu e-mail nunca é divulgado. Os campos obrigatórios são marcados com *