Cásper na COP 23 #01

Home » COP 23 » Especiais » Cásper na COP 23 #01

Diretamente da Alemanha, equipe da Cásper Líbero traz as informações atualizadas sobre a Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática.

 

Até o dia 17 de novembro, a equipe da Faculdade Cásper Líbero participa da 23ª Conferência das Partes da Convenção do Clima das Nações Unidas (COP 23), que acontece na cidade de Bonn, na Alemanha.

Se trata da primeira COP presidida por uma nação insular do Pacífico, Fiji, cuja sua própria existência é ameaçada por conta do aumento do nível do mar em decorrência do aquecimento global e também da primeira a ocorrer depois do anúncio da saída dos Estados Unidos do Acordo de Paris.

Diariamente, o Jornal da Gazeta AM, exibido de segunda a sexta-feira, às 18h e com reprise às 23h, reproduziu boletins, matérias e entrevistas produzida pelos alunos.

Abaixo, você ouve o primeiro boletim produzido e apresentado pelas estudantes Beatriz de Cunto e Giovanna Romano, ambas do curso de Jornalismo. O material traz detalhes do evento de abertura da Conferência e os principais tópicos abordados e, além disso, a novidade da estrutura temporária montada com o intuito de aumentar o número de participantes neste ano.

Clique aqui e baixe o arquivo em mp3.

Um dos temas mais discutidos durante a COP 23, na Alemanha, são os desafios de reduzir os riscos de desastres e a sua preservação nas comunidades menos desenvolvidas. Com destaque para a vulnerabilidade de mulheres e crianças em cenários de desastres tanto naturais quanto provocados pela ação humana.

Sobre o assunto, você acompanha abaixo a reportagem produzida pelos estudantes Lorena Reis e Vinícius Lima, ambos do curso de Jornalismo. Para ilustrar o material, a equipe conversou com Thandie Mwape, coordenadora de Diplomacia Humanitária da Cruz Vermelha da Holanda.

Ouça em:

Clique aqui e baixe o arquivo em mp3.

Da esquerda para a direita: Julio César López (COICA), Fermin Chimatani (Reserva Amarakaeri) e Tirso Candre Guzman (AZICATCH).

Dados apresentados pela Rede Amazônica de Informação Socioambiental Georeferencial (RAISG) na COP 23, na Alemanha, apontam que, entre os anos 2000 e 2015, 239 mil quilômetros quadrados foram desmatados e, do total, somente 8% estão localizados em áreas indígenas.

Diretamente responsáveis pela biodiversidade da floresta Amazônica, as organizações indígenas têm apresentado iniciativas para diminuir os danos.

Abaixo, diretamente da Alemanha, a equipe da Faculdade Cásper Líbero conversa com Fermin Chimatani, ex-presidente da Reserva Amarakaeri, área de preservação do Peru, e o índio Julio Cesar Lopez, integrante da coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia (COICA).

Ouça a reportagem em:

Clique aqui e baixe o arquivo em mp3.

Da direita para a esquerda: Laurence Kemball-Cook e Sophia Lopes.

Como é possível gerar energia limpa?

A empresa Pavegen expôs na COP 23, na Alemanha, um projeto de uma placa gera energia enquanto você pisa sobre ela.

Sobre a novidade, você acompanha a reportagem produzida pelas estudantes Ana Beatriz Marchiori e Sophia Lopes, ambas do curso de Jornalismo. Na ocasião, elas conversam com Laurence Kemball Cook, CEO da empresa, sobre como pretendem lançar e impulsionar o projeto.

Ouça a reportagem em:

Clique aqui e baixe o arquivo em mp3.

Prefeito de Carmel, James Brainard durante a palestra.

Os assuntos tratados durante a COP 23 são de extrema importância, mas a saída dos Estados Unidos do Acordo de Paris foi o grande destaque desta edição.

Independente do ocorrido, os Estados Unidos ergueram pela primeira vez uma base sem o apoio do Governo Federal em um evento oficial. Trata-se da organização We Are Still In, composta por 230 prefeituras norte americanas, 1.700 empresas e 320 universidades.

A estudante Carla Bridi (do curso de Jornalismo) conversou com o prefeito da cidade de Carmel, localizado no estado de Indiana, e com o ministro da Agricultura e Administração de Desastres Nacionais de Fiji sobre a iniciativa e a decisão tomada em junho pelo presidente Trump.

Ouça a reportagem:

Clique aqui e baixe o arquivo em mp3.