Caso Roger Abdelmassih

Home » Entrevistas » Caso Roger Abdelmassih

STJ concede ao ex-médico prisão domiciliar e advogado criminalista analisa o caso.

 

O ex-médico Roger Abdelmassih, 73 anos, foi condenado a 181 anos de prisão por 48 estupros de 37 pacientes, mesmo assim, por motivos de saúde cardíaca, foi liberado, no dia 04 de julho, para prisão domiciliar, monitorado por tornozeleira eletrônica.

A decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) de autorizar o ex-médico a cumprir a prisão em casa gerou revolta entre a população, especialmente pelo fato da sua pena já ter mudado três vezes.

Em entrevista ao programa Bom Dia Gazeta, o coordenador de produção Leonardo Levatti conversou com o advogado criminalista Guilherme Dorta a respeito da legalidade em o condenado poder cumprir a pena em casa, até que ponto a opinião pública não pode interferir na decisão judicial, o próximo passo desse caso, o que a constituição prevê em casos de estupro e, no seu ponto de vista, a necessidade da realização de uma perícia mais profunda.

Ouça a entrevista em:

Clique aqui e baixe o arquivo em mp3.