Calabar, o Elogio da Traição

Home » Entrevistas » Calabar, o Elogio da Traição

Peça de teatro retrata a invasão holandesa no Brasil do século XVII.

 

O espetáculo focaliza no controverso personagem Calabar, que, durante o período do Brasil Colônia, foi um aliado dos portugueses e, em 1632, passa a apoiar os holandeses. De maneira a instigar o espectador a rever a história com outros olhos, os autores de Calabar, por meio de ironia mordaz, desmistificam o conceito de traição.

Embora pertença ao gênero dramático, ‘Calabar, o elogio da traição’ identifica-se com as principais características do subgênero literário de origem latino-americana: o Novo Romance Histórico.

Durante o programa Almanaque Gazeta, o apresentador Gilles Sonsino e o casperiano Arthur Beltrame conversaram com o maestro, Fabio Prado e com o jornalista, mestre em Ciência Política, professor e estudante do doutorado em Literatura, Gonzalo Medina.

Ouça aqui!

Entrevista com Fabio Prado e Gonzalo Medina:

Clique aqui e baixe o arquivo em mp3.