Alzheimer

Home » Entrevistas » Alzheimer

Descoberta da doença ainda no início pode contribuir para a garantia da qualidade de vida.

 

O diagnóstico precoce do Alzheimer tem sido um desafio para muitos pacientes pela dificuldade em identificar os primeiros sinais da doença para então procurar ajuda especializada.

Este é um mal progressivo e degenerativo, causado pela deterioração das células do cérebro (neurônios) e representa de 50% a 70% das demências. Estima-se que o número de pacientes com Alzheimer no mundo dobrará em 20 anos, devido ao envelhecimento geral da população.

Mas por que ainda há tanta dificuldade em realizar o diagnóstico precoce?

A jornalista e radialista Stela Lopes conversou com o neurologista Rodrigo Rizek Schultz, do Núcleo de Envelhecimento Cerebral da Universidade Federal de São Paulo (NUDEC-UNIFESP), a respeito da não aceitação da doença e os seus sinais iniciais.

Ouça aqui e fique atento!

Clique aqui e baixe o arquivo em mp3.

Comentar

Seu e-mail nunca é divulgado. Os campos obrigatórios são marcados com *