Alienação Parental

Home » Reportagens » Alienação Parental

Crianças em meio a brigas conjugais.

 

Para o Jornal da Gazeta AM, o estagiário Breno Zonta (3º ano de Jornalismo) apresentou uma matéria sobre alienação parental.

A alienação parental é uma maneira usada por um dos cônjuges de um casal para destratar o ex-parceiro em casos de divórcio, manipulando, para isso, o próprio filho.

Trata-se de um processo comum após divórcios. Quem tem a guarda do filho, incomodado com o ex-parceiro, passa a desvalorizá-lo verbalmente para o filho, ou até passa a impedir o ex-cônjuge de ver a criança.

Para entender melhor a alienação parental, alertar para as consequências jurídicas e compreender que ocorre com os filhos nesse processo,  Breno entrevistou Carla Tardelli, advogada e psicóloga que atuou 21 anos no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo e que atua em direito de família.

A entrevistada disse que a criança pode ter problemas pscicológicos, emocionais e de relacionamento por conta da alienação parental. Ela também explicou melhor a Lei 12.218, que, desde 2010, prevê sanções a esses atos.

Ouça a reportagem na íntegra:

Clique aqui e baixe o arquivo em mp3.