Ajuda Pós-Abuso Sexual

Home » Entrevistas » Ajuda Pós-Abuso Sexual

Como os ginecologistas podem ajudar as vítimas.

 

Segundo levantamento do Ministério da Saúde, apenas no primeiro semestre deste ano, a cidade de São Paulo registrou 1.384 notificações de casos de violência sexual contra mulheres. Além do trauma psicológico gerado pela violência, há também os riscos de contração de doenças sexualmente transmissíveis e de uma gravidez indesejada.

Para falar sobre o tema, no programa Bom Dia Gazeta, a apresentadora Renata Câmara conversou com a ginecologista Daniela Yela, membro da Associação de Obstetrícia e Ginecologia do Estado de São Paulo.

No decorrer da entrevista, ela explicou como é o atendimento das mulheres vítimas de abuso sexual e a questão delas ficarem constrangidas de serem atendidas após o trauma, os procedimentos que devem ser tomados após o ocorrido, os tratamentos necessários – tanto psicológico quanto para prevenção de DSTs -, a retomada da vida sexual dessas vítimas e as diferenças de recuperação entre as diferentes faixas-etárias.

Ouça a entrevista na íntegra:

Clique aqui e baixe o arquivo em mp3.