Acadêmicos do Tucuruvi

Home » Carnaval 2017 » Educação e Cultura » Acadêmicos do Tucuruvi

“O homem precisa da arte para ter uma vida sadia e alegre!”, explica com o carnavalesco Wagner Santos.

 

A penúltima escola a desfilar no Sambódromo do Anhembi na sexta-feira, 24, a Acadêmicos do Tucuruvi está desde 1998 no Grupo Especial e, em todo esse tempo, a melhor colocação foi um 2º lugar em 2011.

Em 2017, a escola de samba vai homenagear os artistas de rua, a exemplo dos malabaristas de semáforo e os cantores de calçada, e traz o seguinte enredo: Eu sou a arte: meu palco é a rua.

Neste capítulo, os estagiários Lucas Herrero e Marcos Antomil (3º ano de Jornalismo) conversam com o carnavalesco Wagner Santos sobre a razão da escolha do enredo deste ano, a história que será contada entre os cinco setores divididos pela escola, como se organizaram agora para não repetir os erros cometidos em 2016, se acredita que pichação é arte,  e se, diante dos protestos ocorridos contra a Prefeitura de São Paulo, irão promover alguma ação contra o prefeito Dória e se pretendem responder no desfile a seguinte pergunta: O que é arte?

Acadêmicos do Tucuruvi (capítulo 06)

Clique aqui e baixe o arquivo em mp3.