A Menina que Ouvia Tudo Pela Metade

Home » Entrevistas » A Menina que Ouvia Tudo Pela Metade

Mãe escreve livro infantil para contar sobre a surdez unilateral da filha.

 

Produzido com carinho pela mãe e autora, Cristiane Gentile, para ser presente de Natal à filha Clarinha, o livro A Menina que Ouvia Tudo Pela Metade tornou-se um presente que esclarece a todas as crianças – e adultos também – como o amor pode transformar a deficiência em inclusão familiar, social e escolar.

O que parecia um problema, tornou-se um objetivo do casal – contar a todos, começando pela filhinha, da maneira mais carinhosa possível.  O livro foi tão bem aceito por todos que os pais resolveram imprimir para ajudar a todos os amigos de Clara a entenderem a sua história. Depois, veio a segunda edição, com carinhas adesivas que podem decorar o aparelho dos usuários.

Durante o Bom Dia Gazeta, a locutora Renata Câmara conversou com a autora da obra, Cristiane Gentile, que contou o que é a surdez unilateral; como foi o processo de descoberta da doença da Clarinha (filha da entrevistada) e como foi a reação da criança ao ver o livro pronto.

Ouça aqui!

Entrevista com a autora Cristiane Gentile:

Clique aqui e baixe o arquivo em mp3.